Mural

Quando se é criança pequena

No nosso querido quarto no antigo apartamento da família — do qual tanto falo aqui no blog, devido às doces lembranças que evoca — tinha tralha pra tudo quanto é gosto. Das famigeradas panelinhas de brinquedo aos jogos de tabuleiro, passando pelas tintas guache e mini instrumentos musicais, o cômodo abrigava toda sorte de objetos… Continuar lendo Quando se é criança pequena

Mural

Em águas duvidosas

Eu e minha irmã éramos imbatíveis. Uma dupla literalmente dinâmica, que nunca parava quieta: estávamos sempre à caça de maneiras de nos entreter em um apartamento que, apesar das suas pequenas dimensões, abrigava nosso mundo imaginário. Rafinha e Lalá costumavam seguir religiosamente o protocolo que regia a residência — às vezes, porém, parecia impossível resistir às… Continuar lendo Em águas duvidosas

fotografia · Por aí

Um passeio pelo passado da cidade

Havia tempos que minha família planejava fazer uma caminhada pelo Morro da Conceição e cercanias. Pretendíamos conhecer a rua onde minha minha avó e meu avô maternos moraram, no período que se sucedeu à chegada de ambos ao Brasil. A localidade é um verdadeiro reduto histórico-cultural, colado no caótico Centro do Rio. A região que… Continuar lendo Um passeio pelo passado da cidade

Literatura

As memórias de um floricultor

O segundo exemplar lido dentre os recolhidos no meu garimpo literário, ao contrário de 100tenários, me atraiu pela sua capa, decorada com um pomposo arranjo floral, sobre o qual se lia o título Histórias do Mercado das Flores. Naquele dia no sebo, ao puxar a publicação do meio de uma pilha de livros ignorados, instintivamente virei-a, para ler sua contracapa e… Continuar lendo As memórias de um floricultor